FILHOTE DE ÁGUIA CRIADO ENTRE GALINHAS

Querido leitor. Bem sabemos que a palavra de Deus, a sagrada escritura, faz numerosas comparações do ser  humano às características peculiares de alguns animais; e isso é fantástico, pois o Senhor deseja que imitemos não os animais, mas que peguemos algum exemplo deles e pratiquemos em nossa vida.

Vamos então meditar essas citações. No livro de provérbios 6:6, diz: “Vai ter com as formigas. Ó preguiçoso”, em habacuque 3:19:”(…) faz os meus pés como os da corça”, enquanto em João 10:15”(…) o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas”, e também em Mateus 10:16 ”Sede, portanto, prudentes como as serpentes e simples como uma pomba ” e até como peixe ao falar para Pedro e André que os faria pescadores de alma, mas confesso que ao nos comparar com a águia o meu coração saltitou, pois há um lindo mistério nesta ave.

Cada um desses animais descritos nos mostra algo que Deus gostaria de ver em nossas vidas, e entre elas a águia. O que ela tem de tão especial assim para eu aprender? Você poderia perguntar. A estória que iremos retratar é de um filhote de águia que foi criado entre galinhas, como muitos crentes que são de Deus, mas que não vivem a palavra.

Para começarmos devemos entender um pouco sobre as duas aves; a águia é uma ótima predadora que escolhe bem sua presa, além de ter uma visão muito melhor de nós seres humanos; e voar e faz ninhos em lugares altos, além de renovar suas penas, (bico e unhas, é tratado como lenda pelos ornitólogos);  já a galinha é o contrário que come os restos, é presa e sempre acaba em uma panela. Por acaso você já ouviu falar de ensopado de águia?

Agora imagine isso: em uma certa fazenda havia um filhote de águia sendo criado entre as galinhas, todos olhavam mas não viam nada de anormal entre as aves, pois todas faziam a mesma coisa. Um certo dia apareceu nessa fazenda um biólogo que vendo aquele bichinho se indignou e falou ao fazendeiro ser um filhote de águia.

O fazendeiro a princípio não acreditou, mas aceitou a proposta feita do biólogo em fazer alguns testes para notificar a afirmação; eles durante alguns dias pegavam a ave e o arremessava tentando impulsionar seu vôo, mas nenhum sinal de águia. Passados alguns dias, eles foram até o cume de uma montanha e entre eles falavam: ou essa ave voará, ou então morrerá ao cair!

O biólogo pegou o bichinho e soltou. A coitadinha da águia caía, caía, caía…, quando de repente; em seu desespero alça seu primeiro vôo, ao sumindo no horizonte. Nunca mais, eles viram a pequena ave na fazenda. Crente de Deus, você é filho de Deus. Que significado tem isso na sua vida, deixe a mesquinhez e viva o cristianismo que  os ímpios não conhecem.e assim como a águia se renove constantemente na presença do pai celestial.